fbpx
logo-redfox-digital
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
processo de inovação da Amazon

Processo de inovação da Amazon: o segredo para atrair clientes

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A princípio, a maioria dos executivos pensa que a inovação com foco no cliente é um bicho de sete cabeças, mas se olharem para o processo de inovação da Amazon poderão constatar que ela é mais simples do que se imagina.

A Amazon foi a primeira empresa a ter um negócio totalmente digital, ela criou o modelo de negócio de vendas online e se tornou pioneira do E-commerce.

E, apesar do seu core business ser algo totalmente inovador para época, isso em 1994, ela sobreviveu a bolha dos anos 2000, com algumas sequelas, e pouco a pouco se tornou referência para inúmeras empresas no quesito inovação, customer experience e business intelligence.

Por isso, o processo de inovação da Amazon é tão relevante, porque ela é um exemplo perfeito do que se trata e como se faz a inovação focada no cliente.

Sendo assim, neste artigo vamos nos debruçar sobre os processos de inovação da Amazon, vamos juntos?

Processo de inovação da Amazon: veja quais são os seus métodos

A inovação é o processo de criar algo novo a partir de algo existente, ou seja, ela introduz novidades, renovação e recriação. Então, a inovação pode ser considerada sinônimo de mudança e/ou melhoria de algo existente.

Leia também: Inovação Disruptiva, Radical e Incremental: qual a diferença?

É importante deixar isso bem claro, porque a inovação não consiste na criação de algo totalmente novo, isso é invenção. 

Portanto, para inovar na experiência do cliente é preciso apenas ter os mesmos cuidados que a Amazon tem em seus processos. E o que ela tem de tão diferente, que a faz ser um case de sucesso para nós?

O processo de inovação da Amazon parte da seguinte premissa: comece e crie pelo cliente. Essa gigante do varejo online, atua em diversos segmentos e ela busca se relacionar com todos eles, seguindo a filosofia de começar pelo cliente e trabalhar a partir da sua necessidade.

Em outras palavras, antes de criar um serviço ou produto, independente de qual público seja, a empresa veste o calçado do cliente e se questiona, será que o meu cliente vai gostar deste produto/serviço?

A Amazon além de escutar ativamente o seu cliente, ela se coloca no lugar dele. 

Assim, em vez de esperar a demanda por um produto ou serviço, por meio de pesquisas e outros métodos, ela vai atrás e descobre quais são os desejos do seu público, mesmo que eles ainda não saibam, e cria um produto/serviço baseando-se em sua necessidade.

Desse modo, a Amazon cria um sentimento de surpresa no consumidor, do tipo: “como eu vivi minha vida toda sem saber que isso existia”, incrível, não é mesmo?

E para causar esse efeito, o processo de inovação da Amazon consiste em:

 Criar experiências

processo de inovação da Amazon

Atualmente, com a mudança de comportamento do consumidor, nem tudo se resume aos produtos/serviços de uma empresa, concorda comigo? A grande sacada é a execução do trabalho!

Por isso, dentre muitos princípios que a Amazon preserva, a criação de valor para o cliente é um dos mais importantes para ela.

Entretanto, quando menciono valor, não me refiro aos preços ou lucro da empresa, mas em oferecer para o cliente um produto/serviço que realmente atenda às suas necessidades e, até mesmo, exceda as suas expectativas.

Leia também: Cultura centrada no cliente: O segredo para atrair e vender mais

A Amazon não quer entregar apenas o seu produto/serviço de forma eficiente. Na verdade, ela deseja que os clientes tenham uma experiência memorável e com direito a diversas vantagens, de modo a inculcar no mindset dos seus consumidores que ela é um lugar diferente dos outros.

E para isso acontecer, toda a empresa está mobilizada a buscar a melhor qualidade do produto/serviço, sem que o cliente tenha que pagar a mais por isso.

Processo de inovação da amazon trabalha de trás para frente

Certamente não deve ser fácil manter a equipe engajada com os objetivos da empresa e continuar obtendo resultados promissores, não é mesmo? 

Por isso, no processo de inovação da Amazon ela adota uma metodologia chamada working backwards, que significa trabalhar de trás para frente.

Essa metodologia consiste em pensar primeiro no que o cliente quer e só depois começar a produzir o produto ou serviço. Lembra do que falamos sobre: criar pelo cliente?

É justamente esse método incorporado no processo de inovação da Amazon, que ajuda a tirar suas ideias do papel. Para isso, a Amazon tem um time que pensa primeiro onde quer chegar e só depois no que a empresa consegue de fato realizar.

Dessa forma, ela instiga os seus colaboradores a soltarem a imaginação e focarem na entrega final e não nos possíveis desafios do processo. Mas, por que a Amazon faz isso?

Porque ela acredita que, em um ambiente onde o NÃO prevalece, as ideias morrem. Por outro lado, onde o SIM domina, as ideias ganham força e raízes profundas.

Obviamente, não estou falando de fazer loucura e investir em projetos que não correspondem com a realidade. Pelo contrário, estou falando de se dar a oportunidade de assumir riscos, sair da zona de conforto e se permitir errar quando a possibilidade de sucesso compensa o risco.

E para complementar essa metodologia, a Amazon usa ainda um “press realese”, que se trata de um documento onde as ideias dos times sobre algum produto/serviço são colocadas em ordem de prioridade.

A seguir, vamos entender como funciona o working backwards em um passo a passo bem simples, acompanhe.

Processo de inovação da Amazon: elaborar a notícia

processo de inovação da Amazon

Nessa parte do processo de inovação da Amazon, o foco é pensar em qual seria a notícia que ela poderia enviar para as mídias. 

Por exemplo, vamos supor que a ideia seja divulgar uma nova funcionalidade no Amazon Prime. Diante disso, todo o time se reúne, discute as ideias, até que cheguem em um consenso, como: “Amazon lança funcionalidade exclusiva no Amazon Prime”. 

Assim, a partir do título, que resume o foco da notícia, inicia-se uma análise de conteúdo, visando criar a melhor comunicação possível para a notícia. Então, o time vai ponderar as seguintes questões:

  • Qual linguagem será utilizada? 
  • Para quais meios vamos divulgar? 
  • Será que não é melhor trocar a ordem dos parágrafos?
  • Qual o tamanho do texto ideal?
  • Quem é o público da notícia?

Processo de inovação da Amazon: colocar o calçado do cliente

Após definir a linguagem adequada, é hora de colocar o calçado do cliente e começar a fazer outras perguntas, do tipo:

  • Meu público sabe que isso é verdade? 
  • Quais dados podemos usar para provar que as informações são verdadeiras?

O intuito aqui é perceber quais gaps o seu produto ou serviço tem, para que o cliente não tenha nenhuma dúvida.

Processo de inovação da Amazon: validar a ideia

Com as questões anteriores em mente, geram-se novas perguntas, agora voltadas para o negócio, como: 

  • Temos equipe para tocar esse projeto? 
  • Como sabemos se essa é a melhor ideia? 
  • E em relação à logística?  
  • Qual será o custo?

No processo de inovação da Amazon, por mais arriscado que possa parecer, ela inicia o projeto, mesmo sem saber se conseguirá um bom resultado, pois acredita que isso ajuda a manter o foco no cliente e não no lucro.

Processo de inovação da Amazon: analisar resultados

Por fim, após concluir o projeto, a equipe volta para o press release e analisa o que estava prometido para o cliente no documento, e o que foi realmente cumprido. 

Isto ajuda a entender melhor em quais partes o processo precisa ser melhorado, além de servir como fonte de consulta, ajudando todos a se manter na mesma direção. 

E se você pensa que esse documento é super elaborado, com gráficos e anotações super técnicas, você está enganado. Nas palavras do diretor de produtos da Amazon: “o documento não passa de um word com cerca de 20 páginas, nada muito sofisticado.

Entretanto, não se iluda, essa metodologia incorporada no processo de inovação da Amazon, não é a prova de falhas. A própria Amazon já lançou muitos produtos e serviços que foram um fiasco, como o Amazon Oction, que era uma cópia do Ebay.

Mas, até mesmo as falhas são necessárias para galgar a escada do sucesso, pois foi a partir desse fracasso que a empresa lançou o seu marketplace em 2000, algo muito inovador para a época.

O que você achou do processo de inovação da Amazon? Quer tornar-se uma empresa inovadora? Se você quiser implementar a inovação no seu negócio também, conte com a gente. Somos especialistas em inovação, tecnologia, negócios e transformação digital, entre em contato conosco.

Sobre a RedFox

A RedFox é uma consultoria que aprimora e potencializa projetos de inovação e projetos digitais. Além disso, acompanhamos a jornada de transformação digital e inovação dos nossos clientes. 

Também realizamos um assessment dos desafios enfrentados pela empresa e avaliamos o grau de maturidade do business. Assim, a partir daí co-desenvolvemos estratégias e iniciativas de inovação corporativa com tecnologias disruptivas para ajudar você a alcançar os objetivos estratégicos do seu business.

Nós podemos ajudar você com os processos de inovação por meio da/do

  • Governança Digital: Ajudamos nossos clientes a definir o foco em suas iniciativas de inovação e ajudá-los a obter um melhor retorno sobre seus investimentos e projetos inovadores.
  • Experience: Na RedFox não falamos apenas sobre ótimos produtos ou experiências do cliente. Nós os co-criamos com nossos clientes.
  • Digital Delivery: Ajudamos as empresas em cada estágio do ciclo de desenvolvimento do produto. Desde a idealização com um protótipo, testando um novo produto ou serviço com um MVP, até encontrar um modelo de go-to-market do produto.
  • Hello Futuro Academy: Capacitação de profissionais e colaboradores em inovação, product discovery, liderança e gestão de squads ágeis.

Então, quer se preparar para as mudanças inevitáveis do metaverso na saúde? Entre em contato conosco, podemos ajudar você a disruptar o seu negócio.


Leia mais

Quer a RedFox acelerando o crescimento da sua empresa?

conteúdos mais recentes

Keep Learning

Posts Relacionados

Stay tuned

Já pensou em receber nossos conteúdos no seu email?

Receba semanalmente conteúdos exclusivos sobre inovação, transformação digital e tecnologia.