fbpx
logo-redfox-digital
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
ROI de inovação

Descubra como medir o ROI de inovação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Será que é possível medir o ROI (Return on Investments ou Retorno sobre Investimentos) de inovação? Se sim, como calcular o ROI de inovação?

Sim, é possível medir o ROI de inovação e você pode fazer isso medindo o sucesso das ações de inovação, mais adiante vou explicar em detalhes como fazer isso. 

Mas antes, fique ciente que para garantir um bom retorno do ROI de inovação é importante dar um propósito assertivo para o seu projeto de inovação, certo? 

Este é um erro comum e pode parecer banal, só que muitas empresas gastam fortunas em iniciativas de inovação sem nenhum objetivo definido, colocam um projeto de inovação em ação, simplesmente para dizer que estão inovando, você não quer cometer este mesmo erro, não é mesmo?

Sendo assim, vamos conferir algumas dicas para acertar em seu projeto de inovação e analisar como os OKRs (Objectives and key results) podem ajudar neste processo.

Pontos de atenção para ter um bom ROI de inovação

Ao traçar o planejamento para um projeto de inovação é importante ter algumas coisas em mente para que o ROI de inovação seja positivo e os esforços rendam algum crescimento para a organização.

Então, para o projeto de inovação começar do jeito certo, as organizações têm que garantir que estão trabalhando com o propósito e as metodologias corretas, além de garantir que há um time de inovação multidisciplinar.

Porque uma equipe multidisciplinar, é composta por profissionais com especializações distintas, e por serem dedicadas exclusivamente para levar inovação para o negócio, geralmente sentem-se mais seguros e confiantes para expor suas ideias.

Portanto, esse time deve ser colocado em um ambiente propício à inovação e blindado das questões operacionais cotidianas, já que estas consomem energia e rapidamente assumem um papel prioritário na agenda para apagar incêndios. Mas, não devem atuar em silo, todas as suas ações devem ser integradas aos demais colaboradores da empresa.

Assim, depois de planejar e colocar o projeto de inovação em prática, aí sim você deverá coletar informações, resultados e analisar a evolução do projeto e retroalimentar o processo com ajustes dinâmicos, além de empoderar pessoas. 

Antes de falarmos do ROI de inovação entenda o que são OKRs

Á primeira vista, os OKRs, menos populares que o KPI (Key Performance Indicator), cumprem um papel complementar no âmbito da execução ágil de projetos estratégicos, oferecendo empoderamento e engajamento aos times, além de acompanhamento frequente do ritmo de execução e suas rápidas correções.

Os ORKs são uma metodologia de gestão paralela ao engessado Planejamento Estratégico Anual, só que são mais aderentes ao cenário de imprevisibilidade e constantes mudanças. 

Surpreendentemente as empresas que adotam os OKRs incluem as gigantes Google, Twitter, LinkedIn, Dropbox, GoPro e Coursera. Já no Brasil, as empresas que usam esta metodologia são Nubank, VivaReal, Locaweb, ContaAzul e Moip.

O OKR é um sistema simples que cria alinhamento entre o “O” (objetivo estratégico da organização) e os “KRs” (resultados-chave), que são metas mensuráveis e dinâmicas, que cumprem a prometida excelência de execução.

Quais os benefícios dos OKRs?

Em primeiro lugar, essa metodologia oferece uma visão estratégica em tempo real, estabelecendo o foco para o futuro no curto prazo. Assim, ao invés de mirar no “Plano Estratégico de 3 a 5 anos”, a metodologia quebra a visão em partes, em objetivos com entregas trimestrais. 

Desse modo, a metodologia prevê transparência dos objetivos para todos, tornando a organização consciente, alinhada e participante da construção da visão estratégica do negócio. Como resultado, os processos são mais coerentes à nova economia, incluindo os aspectos a seguir:

  • Agilidade: os ciclos mais curtos permitem melhor adaptação às mudanças e ajustes rápidos, reduzindo os riscos de investimentos desnecessários.
  • Leveza e flexibilidade: processo pode ser adaptado caso a caso, não engessando a empresa a um setor, porte ou número de funcionários. Um bom exemplo é o Google, que saiu de 40 funcionários para 60 mil, sempre utilizando essa metodologia.
  • Comunicação clara: dá ao time a percepção clara dos objetivos e das prioridades da organização, bem como o papel de cada integrante dentro do projeto de inovação.
  • Foco e disciplina: Número limitado de objetivos gera o foco da equipe e a disciplina nos esforços. Certamente isso é um antídoto para distração.

Conforme o que falamos até agora sobre os OKRs, você pode notar como essa metodologia pode ser vital para a condução assertiva do projeto de inovação. E se, bem empregada ela pode contribuir para gerar melhores resultados para o ROI de inovação.

Quais são as consequências para a equipe?

Primordialmente o uso dos OKRs traz consequência positivas para as equipes envolvidas no projeto de inovação, tornando-as mais preparadas para os desafios do projeto, caracterizadas pelos aspectos abaixo:

  • Aumento da cooperação: a criação de critérios de sucesso compartilhados melhora a cooperação entre times.
  • Autonomia: times recebem um direcionamento claro e têm liberdade para atingir seus objetivos.
  • Accountability: os integrantes do time criam responsabilidade por seus objetivos, com critérios claros de sucesso, conhecidos por toda a empresa.

Leia também

Como isso se reflete na organização?

Certamente esses benefícios que os OKRs proporcionam ao time, traz uma cultura positiva com as características a seguir:

  • Foco no Negócio: metas voltadas a resultados de negócio e não para esforço. E isso é acompanhado, compartilhado e celebrado por todos.
  • Stretch Goals: Metas que são pensadas para superação, forçando o time a sair da zona de conforto e a repensar como trabalhar. Isso quebra o mindset da premiação por metas e traz o mindset do desafio, do propósito e da paixão por pertencer ao time.
  • Cultura: Promove o senso de empreendedor. E mais, promove o: Fail Fast, Learn Fast, Fix Fast – Fracasse Rápido, Aprenda Rápido e Conserte Rápido.

Infelizmente, não são todas as organizações que conseguem implementar os OKRs de forma assertiva e acabam falhando. Como resultado não obtém um ROI de inovação positivo.

Veja 03 motivos pelos quais os OKRs falham

A princípio como qualquer metodologia, os OKRs dependem de uma implementação correta para funcionar e trazer os resultados desejados. Há pelo menos cinco principais motivos pelos quais os OKRs falham:

1. Inatingível

O OKR de uma empresa deve ser ambicioso e até um pouco agressivo, mas não deve ser impossível. Deve ser concreto e capaz de gerar ações alinhadas ao propósito. Em média, são alcançados de 60% a 70% dos objetivos. Portanto, fique atento aos extremos!

2. Falta de definições claras

O objetivo do OKR é definir claramente o que deverá ser feito e como será medido. Então fique atento para os OKRs serem específicos, possuir prazo, serem verificáveis e mensuráveis.

3. Muitos objetivos juntos esmagam a excelência 

Recomenda-se que uma empresa tenha de quatro a seis OKRs anuais, para que o processo seja viável.

Como calcular o ROI de inovação?

Inovação

Antes de tudo, o ROI é o indicador responsável por mostrar o percentual de ganho em comparação com o valor investido em um projeto. Por isso, é de suma importância acompanhar esse indicador para entender o lucro, o destino do investimento e os gastos.

Contudo a maneira como se calcula o ROI de inovação é um processo que necessita metrificar o sucesso das ações que contribuem para o desenvolvimento do projeto de inovação, como o:

  • Engajamento da equipe nos projetos de inovação;
  • Aumento no número de projetos e propostas para eventuais soluções;
  • Crescimento do número de soluções com potencial para se transformar em diferenciais e possíveis negócios para a organização;

Na prática, os indicadores devem medir o desempenho com base na visão de oportunidades e avanços dos processos de inovação como um todo. Um ótimo retorno do ROI de inovação seria:

  • Engajamento da equipe: Startups e organizações disruptivas são conhecidas por possuírem profissionais que estão constantemente envolvidos em projetos novos e possuem a cultura da inovação no sangue.
  • Potenciais soluções para negócios: é importante ficar de olho nos projetos que se tornam produtos escaláveis com valor real para o negócio. A falta destes resultados geralmente indica erros de estratégia e no formato de inovação.
  • Intraempreendedorismo: é um sinal que a organização conta com profissionais com características desejáveis para o desenvolvimento de soluções inovadoras.

Obviamente você pode ter resultados mais rápidos se puder contar um Assessment de inovação. A Redfox pode contribuir para acelerar a inovação atuando desde a estratégia até a implementação de novas tecnologias que aumentam a competitividade e o diferencial estratégico da sua empresa. 

Sobre a RedFox

A RedFox é uma consultoria que aprimora e potencializa projetos de inovação e projetos digitais. Além disso, acompanhamos a jornada de transformação digital e inovação dos nossos clientes. 

Também realizamos um assessment dos desafios enfrentados pela empresa, avaliamos o grau de maturidade do negócio e a partir daí co-desenvolvemos estratégias e iniciativas de inovação corporativa com tecnologias disruptivas para ajudar você a alcançar os objetivos estratégicos do seu negócio.

Como podemos acelerar a sua empresa?

  • Governança Digital: Ajudamos nossos clientes a definir o foco em suas iniciativas de inovação e ajudá-los a obter um melhor retorno sobre seus investimentos e projetos inovadores.
  • Experience: Na RedFox não falamos apenas sobre ótimos produtos ou experiências do cliente. Nós os co-criamos com nossos clientes.
  • Digital Delivery: Ajudamos as empresas em cada estágio do ciclo de desenvolvimento do produto: desde a idealização com um protótipo, testando um novo produto ou serviço com um MVP, até encontrar um modelo de go-to-market do produto.
  • Hello Futuro Academy: Capacitação de profissionais e colaboradores em inovação, product discovery, liderança e gestão de squads ágeis.

E aí, quer ter um bom ROI de inovação? Entre em contato com a gente.

Quer a RedFox acelerando o crescimento da sua empresa?

conteúdos mais recentes

Keep Learning

Posts Relacionados

Stay tuned

Já pensou em receber nossos conteúdos no seu email?

Receba semanalmente conteúdos exclusivos sobre inovação, transformação digital e tecnologia.