fbpx
logo-redfox-digital
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
inovação corporativa

Inovação corporativa: não cometa esses 7 erros ao inovar!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

À primeira vista a inovação corporativa se tornou uma exigência e as empresas que por algum motivo não conseguiram inovar diante dos desafios, fecharam as portas. Segundo dados do IBGE cerca de 716.000 empresas decretaram falência desde o início da pandemia no Brasil.

Isso mostra que inovar é o caminho mais adequado para resolver problemas e continuar prosperando. Sem dúvida, uma empresa inovadora é uma empresa flexível, que se adapta às novas tendências de mercado. Essas organizações são como árvores que quando assoladas por fortes ventos balançam de uma lado para o outro sem quebrar os seus galhos.

No entanto quando falamos de inovação corporativa, não se trata apenas de implementação de novas tecnologias como big data, machine learning, cloud computing, inteligência artificial e outras, embora sejam importantes para aumentar a competitividade e eficiência da empresa, quando falamos de inovação também diz respeito a criar algo novo ou fazer de maneiras diferentes processos, produtos e serviços já existentes.

A inovação corporativa sem uma estratégia clara e ações sólidas dificilmente será bem sucedida. Por isso, toda inovação corporativa deve ser feita de forma planejada e se possível com o acompanhamento de uma consultoria especializada no assunto para garantir que a empresa ande na direção correta.

Portanto, para dar uma luz e auxiliar as tomadas de decisões de líderes e executivos, neste artigo iremos analisar 07 erros bem comuns cometidos pela grande maioria das organizações. Bem como os 03 pilares do processo de inovação, confira.

Erros comuns ao implementar a inovação corporativa

Muito embora as organizações atuem em segmentos e contextos diferentes, os comportamentos e os erros cometidos ao tentar implementar a inovação corporativa são comuns e universais, veja 07 deles na lista abaixo.

1º Enxergar aprendizado como erros

Como mencionei anteriormente a inovação envolve o desconhecido. Portanto, existe um risco inerente nesta iniciativa! Sendo assim, antes de um elevado investimento é preciso analisar e validar cada etapa da execução do plano de inovação, baseando-se no aprendizado contínuo, para que a organização possa fazer um direcionamento mais assertivo e investir de forma gradual, o que ajuda diminuir os riscos.

No entanto, esse tipo de mindset ainda não é claro o suficiente para as organizações. Quando algo não traz o resultado esperado, a inclinação da maioria das empresas é invalidar todo o processo, por achar que não funciona. 

É muito importante que em cada etapa seja feito uma metrificação e análise apurada dos erros e acertos para que a partir daí, definir uma nova ação para ser executada.

2º Foco na solução sem entender o problema

Outro erro comum das organizações é querer partir para solução sem entender o problema. A inovação corporativa, como falei no início, é muito mais do que implementar tecnologia, a premissa básica da inovação é resolver um problema ou buscar outras formas de fazer as coisas, porém de maneira mais eficiente que a anterior.

Portanto é importante entender o problema para só depois listar as soluções possíveis que podem resolvê-lo, assim a organização tem muitas mais chances de obter resultados positivos e encontrar formas de inovar em suas soluções.

3º Processos engessados

Certamente há um motivo dos processos internos existirem, são eles que dão a organização necessária para empresa, mas a inflexibilidade de tais processos torna a inovação corporativa impossível.

O cliente sempre será mais importante do que os processos. Então se surgir algum problema no processo que atrapalhe a jornada do cliente, não espere que o cliente se adapte ao processo, o processo deve se adaptar ao cliente. Portanto, ser flexível e ter autonomia para ajustar o rumo quando necessário, é fundamental para o sucesso da inovação.

4º Carência de objetivos e indicadores

Pode parecer óbvio, mas muitas empresas querem iniciar um processo de inovação corporativa sem antes definir um objetivo claro que defina o que a empresa quer resolver com tal inovação.

De fato, sem isso a equipe envolvida não consegue implementar indicadores de modo a acompanhar o sucesso do projeto em cada etapa do desenvolvimento.

5º Existência de Silos

O segredo para a inovação corporativa dar bons frutos é a sinergia de todos os departamentos da organização. É normal que cada área tenha seus processos e KPI´s, mas quando se fala de um projeto de inovação, normalmente, ele é centrado no problema com o intuito de achar a solução.

Sendo assim, os departamentos não podem ter uma visão isolada, ou seja, não podem achar que um problema da empresa diz respeito a este ou aquele departamento, pois quando pinta um problema com P maiúsculo, que pode dar a oportunidade de alavancar o crescimento da organização ou estagnar o seu desempenho, isto é problema de todo os setores!

Porque se a empresa cresce, todos crescem juntos e se vai mal, todos tendem a ir mal também. Sendo assim, todos os departamentos devem trabalhar em conjunto.

É muito importante desenvolver uma cultura colaborativa dentro da empresa, pautada na resolução das dores do cliente, se as diversas áreas da empresas entenderem que quando a empresa inova todos saem ganhando.

6º Liderança desalinhada

O alinhamento sobre a inovação corporativa deve ser feito com os líderes de cada departamento da organização para que haja  quebra de silos e melhor direcionamento das ações da equipe de modo a promover ou impulsionar a resolução de possíveis problemas nas mais diversas áreas da organização.

Os líderes são peça chave nesta transformação, eles devem ser privilegiados de uma visão ampla sobre as inovações da empresa para que eles possam orientar, unir e tomar decisões de acordo com os objetivos da organização.

7º O cliente não é o centro da inovação corporativa

As organizações têm uma falsa percepção de que tratam o cliente como foco de suas estratégias, mas na prática isso não acontece, muitas decisões são tomadas sem antes consultar o cliente.

Não adianta, quem bate o martelo no final das contas é o cliente, se as suas inovações não geram benefícios para seus cliente, de forma que aumente o seu diferencial competitivo, sinto muito, você fez tudo em vão.

Infelizmente, vai ter que encontrar outros meios de ofertar uma melhor experiência, serviço ou produto. Por isso é importante entender o problema dele e propor uma solução de acordo com a sua necessidade!

Quais são os pilares da inovação corporativa?

Dê antemão agora vamos ver 03 pilares fundamentais do processo de inovação corporativa para que a sua organização evite estes 07 erros que vimos no tópico anterior, acompanhe!

1º Pilar da inovação corporativa: Cultura da inovação

Desenvolver uma cultura de inovação é fundamental para criar um mindset inovador entre profissionais atuantes na empresa. A inovação não deve ser centralizada em uma única área ou em único time, ela deve permear todas as áreas da empresa, por isso a cultura da inovação deve ser inculcada entre todos da organização.

2º Pilar da inovação corporativa: Parceria com Startups

Abrir a empresa para a inovação aberta por meio das startups pode ser bastante vantajoso, pois a parceria com startups é possível obter agilidade em relação a inovação corporativa, reduzindo custos e ainda com possibilidade de ter acesso às novas tecnologias e tendências inovadoras.

Estima-se que temos em média 12 mil startups no Brasil, certamente algumas delas podem ter a solução ideal para o problema da sua organização e provavelmente com menos custo.

3ºPilar da inovação corporativa: Transformação de alto de impacto

Este último pilar diz respeito a criar novos processos, produtos e serviços, executando uma cultura ágil e inovadora, mas para alcançar este pilar é preciso primeiro implementar a cultura da inovação e a conexão com startups.

Obviamente com um assessment de inovação da Redfox você pode acelerar a inovação no seu negócio, pois atuamos desde a estratégia até a implementação de novas tecnologias que aumentam a competitividade e o diferencial estratégico da sua empresa.

Também orientamos e acompanhamos a jornada de transformação digital e inovação, fazendo um mapeamento dos desafios enfrentados pela empresa, identificando o grau de maturidade e a partir daí co-desenvolvendo estratégias e iniciativas de inovação produtiva e tecnologia (hiper automação) que te ajude a alcançar os objetivos estratégicos da organização. Olha só o que podemos fazer pela sua empresa.

  • Digitalização massiva de processos corporativos
  • Robotização de processos corporativos repetitivos e manuais
  • Tecnologias emergentes (IA, RPA, IOT, etc)
  • Transformação digital e cultural (mindset/cultura, pessoas, processos)
  • Design Sprint aplicado para a co-criação de novos produtos, serviços ou experiências

Entre em contato com a gente agora mesmo.

Quer a RedFox acelerando o crescimento da sua empresa?

conteúdos mais recentes

Keep Learning

Posts Relacionados

Stay tuned

Já pensou em receber nossos conteúdos no seu email?

Receba semanalmente conteúdos exclusivos sobre inovação, transformação digital e tecnologia.