fbpx
logo-redfox-digital
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Experiência do cliente no metaverso: como será? Descubra aqui

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Experiência do cliente no metaverso terá de ser repensada pelas organizações, entenda porquê.

No final do ano passado, fomos surpreendidos pela gigante Facebook com o anúncio de que o nome do seu holding passaria a se chamar Meta. Imediatamente, este anúncio gerou inúmeros debates sobre o potencial real desta tecnologia para os negócios e como ela poderia transformar o modo como trabalhamos, socializamos e compramos.

Obviamente diversas empresas acreditam no potencial do metaverso, e que este pode representar uma ruptura na forma de se relacionar com o cliente. Porque se esta tecnologia cumprir a sua promessa, será um ponto de contato crítico com o cliente, e também uma nova maneira de potencializar a sua experiência.

Sendo assim, muitas organizações têm apostado suas fichas nesta nova tecnologia imersiva. A Microsoft anunciou em janeiro de 2022 a aquisição da desenvolvedora de jogos Activision Blizzard por $68 bilhões. E as ações da Apple dispararam no final de janeiro depois que o CEO Tim Cook disse: “Vemos muito potencial neste espaço, e estamos investindo de acordo.”

A Nike também está surfando nessa onda! Pelo que parece, a marca está fazendo planos para produzir e vender tênis e vestuários virtuais com a logo Nike. Ela também adquiriu a RTFK, que aproveita o que há de mais moderno em motores de jogos, NFTs, autenticação blockchain e realidade aumentada para criar produtos e experiências virtuais.

Então, o que podemos prever sobre o metaverso? Como as empresas poderão atuar dentro deste ambiente digital? E qual será o impacto da experiência do cliente no metaverso?

Experiência do cliente no metaverso

Metaverso

Certamente, a experiência do cliente representa um grande desafio, pois em um mundo digital, os consumidores têm informações, escolhas e expectativas sem precedentes. E com o metaverso essa dificuldade ganha ainda mais força e obriga as organizações a reinventar a experiência do cliente e repensar o seu modelo de negócio.

Imagine uma varejista de acessórios que deseja vender óculos, relógios, pulseiras e outros objetos da marca, ela poderia vender esses objetos para serem usados pelos avatares dos seus clientes. Ou permitir que os avatares dos seus clientes experimentem os seus acessórios em um vestiário digital, e comprem o objeto por meio de uma moeda digital para usar no mundo físico.

Você percebe como o metaverso pode ampliar a possibilidade de experiências do cliente e promover ainda mais vendas para a sua empresa? A Nike, já percebeu essa oportunidade, e está explorando a possibilidade de vender roupas para avatares e/ou usá-los como provadores virtuais.

De fato, muitas empresas têm feito enormes avanços ao longo dos anos, proporcionando uma excelente experiência para o cliente em todos os seus canais, online e offline. No entanto, agora precisarão replicar isso no metaverso, levando em conta todas as adaptações necessárias para aproveitar ao máximo as oportunidades desta tecnologia.

Assim, as mesmas perguntas que as organizações já fazem para melhorar a experiência do cliente nos canais existentes, devem ser feitas para implementar os mesmos processos no metaverso, como: O que estamos fazendo para descobrir o que as pessoas querem no metaverso? O que os clientes acham encantador? O que os irrita e/ou frustra? Somos práticos? Como podemos integrar a experiência do metaverso ao nosso omnichannel? 

Sem dúvida muitas perguntas devem ser feitas, uma estratégia deve ser elaborada e muitas ações devem ser tomadas para levar o seu negócio para o metaverso.

O futuro será digital

Assim como diversos avanços tecnológicos resultaram em grande potencial para os negócios e mudaram totalmente nossa realidade como o telefone, o computador, a internet entre outros. O metaverso pode ser o próximo avanço do digital, integrando tudo o que conhecemos em um só lugar.

Contudo não estou dizendo que o metaverso será um marco histórico, como foi o telefone e outras tecnologias, talvez seja… talvez não. Ainda é muito cedo para afirmar qualquer coisa. O que estou afirmando é: o metaverso tem muito potencial para ser ignorado!

Certamente vale a pena estudar essa tecnologia para entender como o seu negócio pode usá-la para obter maior crescimento, market share, competitividade, lucro e assim por diante.

Não deixe de nos contatar para ajudá-los a identificar os principais desafios do seu negócio. A RedFox é uma consultoria que aprimora e potencializa os seus projetos de inovação e digital, nós acompanhamos a jornada de transformação digital e inovação de nossos clientes, realizando um assessment dos desafios enfrentados pela empresa, o grau de maturidade e a partir daí co-desenvolvendo estratégias e iniciativas de inovação corporativa e tecnologias disruptivas que te ajude a alcançar os objetivos estratégicos do seu negócio.

Como podemos acelerar a sua empresa?

  • Governança Digital: Ajudamos nossos clientes a definir o foco em suas iniciativas de inovação e ajudá-los a obter um melhor retorno sobre seus investimentos e projetos inovadores.
  • Experience: Na RedFox não falamos apenas sobre ótimos produtos ou experiências do cliente. Nós os co-criamos com nossos clientes. 
  • Digital Delivery: Ajudamos as empresas em cada estágio do ciclo de desenvolvimento do produto: desde a idealização com um protótipo, testando um novo produto ou serviço com um MVP, até encontrar um modelo de go-to-market do produto.

Entre em contato com a gente agora mesmo.

Quer a RedFox acelerando o crescimento da sua empresa?

conteúdos mais recentes

Keep Learning

Posts Relacionados

Stay tuned

Já pensou em receber nossos conteúdos no seu email?

Receba semanalmente conteúdos exclusivos sobre inovação, transformação digital e tecnologia.