Futuro da Indústria. Você faz parte? Descubra mais sobre a indústria 4.0

futuro-da-industria

A princípio com a transformação digital o futuro da indústria reserva muitas novidades para diretores e executivos da indústria, mas também levanta muitos desafios que requer habilidades destes profissionais.

É difícil falar sobre o futuro da indústria quando este futuro já está acontecendo, com a chegada da Covid-19 a revolução industrial ganhou velocidade e a indústria 4.0 se tornou a solução mais adequada para lidar com este “novo normal” e sair dele mais fortalecido.

Sem dúvida a transformação digital é a virada de chave para as indústrias alcançarem um novo patamar, além disso, alguns dados apontam que a indústria 4.0 é a oportunidade de ouro para o país.

Hoje a indústria representa cerca de 10% do PIB (Produto Interno Bruto), e o Brasil está em 69º posição no Índice Global de Inovação, imagine o quanto a revolução industrial pode avançar, ganhando espaços cada vez maiores e contribuindo com o crescimento do país.

Mas quais são os desafios para implementar a indústria 4.0 no Brasil? Vamos analisar alguns pontos para entender os desafios desta transformação digital.

Uma visão diferente para a revolução industrial

Antes de mais nada, quando falo para você sobre a quarta revolução industrial, qual o conceito que vem à sua cabeça?

Acredito que o primeiro desafio é entender a definição da indústria 4.0, a falta de informação é um grande problema na tomada de decisão.

Portanto quando falamos da indústria 4.0, existem diversos conceitos envolvidos como:

  • Internet das Coisas (IoT)
  • Robótica
  • Simulação
  • Cloud computing
  • Segurança cibernética
  • Impressão 3D
  • Realidade aumentada
  • Machine learning
  • Big data e Data analytics
  • Internet de Serviços

Enfim, há uma junção de conceitos tecnológicos muito amplos, que formam a base e o funcionamento geral da indústria 4.0, por isso existe um entendimento equivocado de que a revolução industrial é na verdade uma revolução tecnológica.

Mas isso não é verdade, não vivemos em uma revolução tecnológica, vivemos em uma revolução no modelo de negócios da indústria, por isso ela é acertadamente chamada de revolução industrial.

Por que aliar a tecnologia, já existente, aos processos industriais, muda tanto as operações do chão de fábrica, quanto às operações táticas nas sala dos executivos.

Quando a Alemanha em 2011 colocou como meta a indústria 4.0, a motivação desse objetivo nunca foi apenas aplicar tecnologias emergentes e integrá-las aos processos industriais, o principal intuito desta transformação digital foi atingir níveis maiores de excelência operacional, proporcionando maior nível de competitividade.

Por outro lado, para alcançar os níveis operacionais proporcionados pela revolução industrial, requer que os líderes da indústria se atentem ao modo como eles aplicam a tecnologia, porque ela deve ser aplicada de forma estruturada.

Como fazer parte da indústria do futuro?

À primeira vista, com um trabalho assertivo nas plantas industriais é possível alcançar o objetivo da quarta revolução industrial, aumentando o nível de excelência a partir de melhores decisões operacionais, através de uma análise que segue a seguinte estrutura:

  1. Descritiva (reportar)
  2. Analítica (analisar e monitorar)
  3. Automática (automatizar)
  4. Preditiva (prever e predição inteligente)
  5. Prescrição (antecipar e atuar)

Desse modo é possível atingir o nível máximo de maturidade do data-driven (programação orientada por dados), atacando diretamente os KPIs (Key Performance Indicator) que mede o desempenho de uma estratégia e de processos de gestão.

É importante que os líderes estudem o processo de tomada de decisão e os principais desafios que impedem a transformação da indústria para este modelo digital.

Assim é possível listar as consequências negativas e positivas de cada desafio, procurando soluções adequadas a cada consequência negativa encontrada para que ela possa ser eliminada ou amenizada.

É importante fazer este balanço de decisão, analisar todos os pontos para que aos poucos seja possível implementar as novas tecnologias que irão transformar o modelo de negócio das indústrias e gerar mais competitividade, tornando a indústria um camaleão do mercado.

A RedFox pode contribuir para acelerar a Indústria 4.0 atuando desde a estratégia até a implementação de novas tecnologias que aumentem a competitividade e o diferencial estratégico dessas empresas.

Acompanhamos as indústrias ao longo da jornada de transformação digital e inovação fazendo um assessment dos desafios atuais enfrentados pela empresa, identificando o grau de maturidade e a partir daí co-desenvolvendo estratégias e iniciativas de inovação e tecnologia que ajudem a alcançar os objetivos estratégicos da empresa.

Como ajudamos?

  • Digitalização massiva de processos corporativos
  • Robotização de processos corporativos repetitivos e manuais
  • Tecnologias emergentes (IA, RPA, IOT, etc)
  • Transformação digital e cultural (mindset/cultura, pessoas, processos)
  • Design Sprint aplicado para a indústria para a co-criação de novos produtos, serviços ou experiências

Entre em contato conosco queremos saber qual é a sua necessidade, os seus desafios e como nós podemos te ajudar, porque temos a solução certa para você.

Está gostando deste conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Keep Learning

Posts Relacionados