O que é metodologia ágil? Conheça a nova forma de entregar mais com menos

Processos demorados e confusos, desencontros de informações, refações constantes de trabalhos, desalinhamento de perspectivas… Se a sua equipe sofre com problemas como esses, está na hora de descobrir o que é metodologia ágil!

Essa estratégia tem se transformado em tendência entre grandes empresas do mercado – e não é para menos! A partir dos métodos ágeis, todo o ciclo de produção nas operações ganha mais fluidez, com resultados melhores e mais rápidos.

Pronto para evoluir o seu negócio com um processo mais organizado? Então conheça a seguir o que é metodologia ágil!

A criação do Manifesto Ágil

Para definir o que é metodologia ágil, temos que voltar à sua origem. Ela está diretamente ligada à criação do Manifesto Ágil, uma série de princípios definidos para ajudar no processo de desenvolvimento de softwares.

Tudo começou em 2001, em um resort de ski de Utah, nos Estados Unidos. Na ocasião, 17 desenvolvedores se encontraram para se divertir, relaxar e conversar sobre como poderiam melhorar o processo de criação para torná-lo mais leve e produtivo.

Questões sobre o desenvolvimento de software já haviam sido discutidas previamente, como a questão da burocratização do processo e excesso de documentações do Extreme Programming (XP).

Com a sugestão de criar métodos mais leves, eles se reuniram novamente no resort em questão. O resultado? Um conjunto de princípios devidamente registrados em documento, que levaria a métodos inovadores de trabalho!

Assim surgiu o Manifesto Ágil para Desenvolvimento de Software, que foi assinado em concordata por todos os presentes. São doze princípios criados pelo grupo que se denominou “Aliança Ágil”:

1. Prioridade em satisfazer o cliente através da entrega contínua e adiantada de software com valor agregado.

2. Mudanças nos requisitos são bem-vindas, mesmo tardiamente no desenvolvimento. Processos ágeis se beneficiam das mudanças visando vantagem competitiva para o cliente.

3. Entregas frequentemente do software funcionando, entre poucas semanas a poucos meses, com preferência à menor escala de tempo.

4. Pessoas de negócio e desenvolvedores trabalhando diariamente em conjunto durante todo o projeto.

5. Construção de projetos em torno de indivíduos motivados. Dê a eles o ambiente e o suporte necessário e confie neles para fazer o trabalho.

6. O método mais eficiente e eficaz de transmitir informações para e entre uma equipe de desenvolvimento é através de conversa face a face.

7. Software funcionando é a medida primária de progresso.

8. Os processos ágeis promovem desenvolvimento sustentável. Os patrocinadores, desenvolvedores e usuários devem ser capazes de manter um ritmo constante indefinidamente.

9. Contínua atenção à excelência técnica e bom design aumenta a agilidade.

10. Simplicidade, que é a arte de maximizar a quantidade de trabalho não realizado, é essencial.

11. As melhores arquiteturas, requisitos e designs emergem de equipes auto-organizáveis.

12. Em intervalos regulares, a equipe deve refletir sobre como se tornar mais eficaz para, então, refinar e ajustar seu comportamento de acordo.

Metodologia ágil e os fundamentos do Manifesto Ágil

A definição de o que é metodologia ágil engloba todos os princípios do Manifesto. O objetivo é potencializar os resultados das equipes e promover entregas de forma eficiente ao cliente.

Embora todo o conceito tenha sido definido para o desenvolvimento de software, também pode ser aplicado em outros segmentos de negócios. O Manifesto Ágil tem quatro fundamentos que resumem bem os seus princípios.

Indivíduos e interações acima de processos e ferramentas

O processo deve focar nas pessoas que fazem parte do desenvolvimento do projeto, proporcionando mais liberdade para que elas possam interagir entre si. O Manifesto valoriza a qualidade dos relacionamentos, que ajudam a inspirar a criatividade.

Os processos e ferramentas, por outro lado, são vistos como elementos de desumanização do trabalho e que prejudicam a capacidade de adaptação às mudanças, tornando o projeto engessado.

Soluções tecnológicas em prática acima de documentação abrangente

Empresas com processos baseados em longos documentos de requisitos estão longe do conceito de metodologia ágil. Isso porque esses documentos não só têm pouca serventia como também podem atrapalhar o desenvolvimento de novas soluções.

O que importa para o Manifesto é que o bom funcionamento do produto, independente da forma como ele é desenvolvido. As documentações, quando necessárias, devem ser sucintas.

Colaboração com o consumidor/cliente acima de negociação de contratos

A metodologia ágil enxerga que o cliente precisa ser inserido no processo de construção do software, em vez de esperar que o produto fique pronto. O foco é no valor que o resultado promove, já que o escopo original pode perder a validade no final do prazo.

Ao trazer o cliente para o ambiente de colaboração, ele pode ajuda a adaptar o produto às reais necessidades, moldando-o a novos cenários e mudanças no mercado.

Resposta às transformações/mudanças, mais do que seguir um plano

Projetos como o desenvolvimento de plataformas web são muito complexos e levam tempo para serem realizados. Nesse contexto, nem tudo pode ser previsto ou planejado. E se determinada funcionalidade perder a sua relevância no final?

Seguir o plano original pode ocasionar prejuízos e retrabalhos para reformular o produto. Por isso, ter a capacidade de responder rapidamente às transformações de um cenário é tão importante para o Manifesto Ágil!

Esses são os preceitos do Manifesto Ágil e a base do conceito de o que é metodologia ágil. Mas vale dizer que existem vários tipos métodos ágeis! Que tal conhecê-los e descobrir qual é o melhor modelo para a sua empresa?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *